You are currently viewing Jericó investe em proteção para a saúde feminina ao zerar fila da demanda por mamografia

A Prefeitura Municipal de Jericó zerou nesta sexta-feira (21), a fila das mulheres que haviam dado entrada no setor de Regulação Municipal para conseguir uma mamografia. Uma unidade móvel no centro da cidade, dotada de infraestrutura e conforto, atendeu 80 usuárias com esse exame de imagem para esclarecer o diagnóstico de câncer de mama.

A ação organizada pela secretaria municipal de Saúde é uma prova que o município vem trabalhando para cuidar da saúde e bem-estar das mulheres jericoenses com ações preventivas.

A secretária municipal da pasta, Cândida Izabel Figueiredo informou que as mulheres de 50 a 69 anos ou que tenham fator de risco para câncer de mama, devem procurar o serviço de saúde do município a fim de poder ter uma assistência integral em tempo hábil.

O câncer está se tornando a 1ª causa de mortalidade por doenças no mundo todo, e o câncer de mama é o que mais mata mulheres. Quando descoberto no início, a doença tem 95% de chance de cura.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê um aumento de 46% dos casos de câncer de mama nas Américas até o ano de 2030, com uma concentração de 57% dos casos diagnosticados em mulheres com menos de 65 anos, na América Latina e Caribe.

A maior incidência da doença ocorre na faixa etária dos 50 aos 69 anos. No entanto, no Brasil, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) e a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) recomendam a mamografia anual para as mulheres a partir dos 40 anos de idade, visando ao diagnóstico precoce e a redução da mortalidade.